quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Comé que chama?

A língua chinesa é antiga pra burro e, assim sendo, possui milhares e milhares de caracteres representando água, montanha, estrela, piolho e todas essas coisas que estão por aí desde que o mundo é mundo. Mas quando se trata de vocábulos mais recentes – digamos, de duzentos anos pra cá –, existem dois caminhos mais comuns. O primeiro é fonético, combinando sons razoavelmente parecidos, como no caso de kāfēi (café) ou mǎkǎliánnà (macarena). Também é o que geralmente acontece com nomes próprios, dos Beatles (Liènóng, Mǎikǎtèní...) aos presidentes do Brasil (Sàernèi, Fèiěrnánduō Ēnlǐkè, Lúlā).

A outra forma é literal, juntando ideogramas que descrevem imageticamente a palavra em questão. Assim, coloca-se lado a lado os caracteres 电 (diàn), que representa eletricidade, e 脑 (nǎo), que significa “cérebro”, e tem-se电脑 (diànnǎo), que é “computador”: literalmente, um cérebro elétrico. Na mesma linha, xampu é uma “água de lavar cabelo”, semáforo é uma “luz verde e vermelha” e guilhotina, uma singela “plataforma de cortar cabeça”. Não dava pra ser mais preciso.

Por outro lado, enquanto “prato voador” descreve bem um frisbee e “cobre-peito” é uma definição certeira de sutiã, a palavra para papel higiênico – shǒuzhǐ ou “papel de mão” – acaba parecendo eufemismo, porque não é exatamente na mão que ele costuma ser usado. E há algo de sacana na expressão informal pela qual o membro sexual masculino é conhecido: xiǎo dìdi, ou “pequeno irmão mais novo”. Definitivamente não contribui para melhorar a fama dos orientais.

 

Folheando o dicionário durante uma aula chata de listening uns dias atrás, e fuçando o excelente dicionário online Ncikuenquanto queimava neurônios com o dever de casa, garimpei algumas descobertas curiosas. Como a palavra 海王星, formada por 海 (hǎi, “mar”), 王 (wáng, “rei”), 星 (xīng, “estrela”). Estrela do Rei dos Mares? É como os chineses chamam o planeta Netuno. Somando o mesmo 海 de mar com 盗 (dào, “ladrão”) temos um pirata. Um cometa, com sua cauda que varre o universo, é chamado de huìxīng ou “estrela-vassoura”. E o canguru, com aquela cara que não engana ninguém, recebeu o simpático nome de dàishǔ, ou “rato com bolsa”. 

Já os dinossauros, na falta de uma comparação mais apropriada, acabaram sucumbindo à predileção chinesa por dragões e viraram todos恐龙 (kǒnglóng), dragões do medo. Aí dá-lhe dragões por todo o Jurassic Park: o tiranossauro-rex é “dragão brutal”, o velociraptor é um “dragão veloz e violento” e o brontossauro, um inexplicável “dragão do trovão”. 

 
“Fujam, crianças! Aí vem o dragão do medo!” 

Nem os super-heróis escapam à fúria neologista chinesa. Muitos fazem uso do caractere 侠 (xiá), que significa “cavaleiro”. Bruce Wayne é o “Cavaleiro Morcego”, Peter Parker é o “Cavaleiro Aranha” e Tony Stark, o “Cavaleiro de Ferro”. Particularmente, prefiro as recriações que fizeram com os X-Men (“Agentes Secretos Mutantes”), Wolverine (“Lobo de Metal e Aço”) e o Incrível Hulk (Lǜjùrén, “Pessoa Verde Imensa”). 

 
O Wolveline do extlemo oliente 

Abrindo caminho para o próximo post, que tratará do zoológico de Beijing, separei dez exemplos de nomes de animais em mandarim pra vocês adivinharem. Claro que coloquei só as traduções literais, sem caracteres nem nada, senão o tio Google resolveria num segundo. Quem acertar primeiro todos os dez ganha a indescritível glória de vencer o primeiro quiz do Boca de Gafanhoto. 

1. Cachorro de crina 
2. Rato de pinheiro 
3. Águia com cabelo de gato 
4. Doninha fedida 
5. Inseto blindado 
6. Inseto cabeludo 
7. Cervo de pescoço longo 
8. Bicho com boca de pato 
9. Cavalo de rio 
10.Gato-urso 

RESULTADO 

1. 鬣狗 [liègǒu] ou “cachorro de crina” é a hiena. Ela também pode ser chamada de tǔláng, ou “lobo da terra”. Adriano acertou primeiro. 
2. 松鼠 [sōngshǔ] ou “rato de pinheiro” é o esquilo. Márcia acertou primeiro. 
3. 猫头鹰 [māotóuyīng] ou “águia com cabelo de gato” é a coruja. Ariane acertou primeiro. 
4. 臭鼬 [chòuyòu] ou “doninha fedida” é o gambá. Thiago Dylan acertou primeiro. 
5. 甲虫 [jiǎchóng] ou “inseto blindado” é o besouro. Márcia acertou primeiro. 
6. 毛虫 [máochóng] ou “inseto cabeludo” é a lagarta. Thiago Dylan acertou primeiro. 
7. 长颈鹿 [chángjǐnglù] ou “cervo de pescoço longo” é a girafa. Márcia acertou primeiro. 
8. 鸭嘴兽 [yāzuǐshòu] ou “bicho com boca de pato” é o ornitorrinco. Márcia acertou primeiro. 
9. 河马 [hémǎ] ou “cavalo de rio” é o hipopótamo. Aliás, o próprio nome “hipopótamo” vem do grego: “hippos” é cavalo e “potamos” é rio. André acertou primeiro. 
10. 熊猫 [xióngmāo] ou “gato-urso” é o panda. André acertou primeiro.


Publicado originalmente no Boca de Gafanhoto

Quem

Lucas Paio já foi campeão mineiro de aviões de papel, tocou teclado em uma banda cover de Bon Jovi, vestiu-se de ET e ninja num programa de tevê, usou nariz de palhaço no trânsito, comeu gafanhotos na China, foi um rebelde do Distrito 8 no último Jogos Vorazes e um dia já soube o nome de todas as cidades do Acre de cor, mas essas coisas a gente esquece com a idade.

Busca no blog

Leia também


Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Crônicas de um mineiro na China


Uma história parcialmente non-sense escrita por Lucas Paio e Daniel de Pinho

Arquivo